Deixe Para os Profissionais

A Bienal do Rio acabou e meu novo livro Acanãs – Aequilibrium foi um sucesso de vendas. Estou bastante feliz com o resultado e agradeço aos leitores que estiveram por lá e investiram seu dinheiro em autores nacionais.

O lançamento desta obra foi uma experiência que fortaleceu ainda mais minha convicção: deixe que cada profissional cuide da sua parte. A capa deve ser criada por um designer da área editorial e não pelo seu primo que é webdesigner, mas que não entende nada de livros. A revisão deve ficar a cargo do revisor literário ou copydesk e não da sua tia que é professora de português. A editoração deve ser feita por um profissional competente e assim por diante. O mais importante, porém, é o texto. Você pode ter a capa mais linda do mundo e a revisão perfeita, mas se sua história não estiver bem escrita é fracasso na certa. Muita gente pode comprar seu livro por achar a capa bonita, mas não vai passar das primeiras páginas. O sucesso de uma obra se mede pela quantidade de pessoas que leram e gostaram do livro; e não somente pela quantidade de exemplares vendidos. Esta é a minha deixa para afirmar o seguinte: o texto deve ser escrito por um profissional. Se esta é a parte mais importante do processo de criação de um livro, não justifica que seja executada por um amador. É por isso que muita gente contrata ghost writers para escreverem suas obras. Quer escrever seu próprio livro? Então primeiro você precisa tornar-se um escritor profissional. Não… Não é fazer faculdade de letras e virar especialista em língua portuguesa. Você deve estudar para ser um ótimo contador de histórias. Hoje em dia tem até faculdade pra isso, mas como você não depende de um diploma para ser escritor, pode usufruir das inúmeras opções que existem hoje no Brasil através de cursos, palestras, livros, sites, etc. São muitos aqueles que se dispõe a te ajudar a escrever com qualidade comercial. Para você não dizer que estou promovendo meus livros, workshops e cursos online, vou te passar alguns mentores e sites que recomendo: James McSill (www.mcsill.com), Sonia Belloto (www.fabricadetextos.com.br) e Dicas Fantásticas do Fernando Heinrich (www.revistafantastica.com.br). Escrever um livro não é simplesmente narrar uma história como se fosse um documentário. Para que você entenda melhor o que quero dizer, este mês vou falar sobre “Elementos para uma Cena Perfeita”. E o mais importante: divirta-se!

Enviar comentário

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Pin It on Pinterest

Share This