Diálogos

Os diálogos são imprescindíveis para dar vida à sua trama e aos seus personagens. É através do diálogo que você consegue apresentar seu personagem ao leitor de forma verdadeira. Só para efeito de comparação, imagine que um amigo seu queira te apresentar para outra pessoa. Ele fala sobre esta outra pessoa e descreve suas características físicas, sua personalidade, etc. Depois te leva a uma reunião onde a pessoa está presente e envolvida em uma conversa com outros convidados. Você observa a pessoa enquanto ela fala. Sua linguagem corporal e a forma como responde a determinadas questões e provocações irá dizer muito mais sobre quem ela é do que as descrições fornecidas pelo seu amigo. Em um romance esta regra também vale.

A primeira dica para escrever um bom diálogo é deixar seu personagem falar como uma pessoa normal. Observe diálogos na vida real e transporte esta realidade para o seu texto. Evite deixar o diálogo artificial. Veja este exemplo:

“O policial perseguiu o assaltante pelas ruas do bairro. Em uma esquina, o meliante parou, olhou o policial nos olhos e disse:

- Prenda-me se for capaz!

- Eu te prenderei assim que conseguir alcançá-lo, meu rapaz – disse o policial, voltando a correr atrás do bandido.”

Você acha que este diálogo é real? Algum bandido falaria desta forma? E o policial? Pois é, mas tem muito escritor por aí que escreve seus diálogos desta forma.

Outra dica é fazer com que o personagem tenha sua própria voz. O que ele fala deve refletir sua personalidade, sua formação e o contexto em que estiver inserido. O traficante, que é chefe da boca de fumo em uma favela, se expressa de forma diferente do traficante de classe média alta que mora no asfalto. Um empresário com curso superior usa as palavras de um jeito bem distinto do camelô que não completou sequer o primeiro grau. E por aí vai.

Por último, não se esqueça de usar os marcadores (complementos dos diálogos) para informar ao leitor o que o personagem está fazendo enquanto fala. Ou como ele se sente. Ou até mesmo o que ele está pensando (cuidado com o ponto de vista).

Enviar comentário

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Pin It on Pinterest

Share This