Gêneros Literários

Sobre o que eu devo escrever? Um romance (no sentido de romântico)? Uma comédia? Literatura fantástica?  Terror? Poesia? Biografia? Auto-ajuda? A resposta é: depende. Depende do seu objetivo. Se você quer escrever por prazer, deve escolher o gênero que mais gosta. Se você está pensando no mercado, ou seja, qual o gênero que irá te dar uma boa renda, então a resposta não é tão simples assim.

De forma geral, auto-ajuda vende muito, mas você precisa saber o que está fazendo. Trabalhar com as emoções das pessoas no sentido de aumentar sua auto-estima ou levá-las a um estado de realização e felicidade não é tarefa das mais fáceis.

Poesia não vende. A não ser que você já um nome forte no mercado, seja nas artes ou em outra atividade que dê visibilidade. Neste caso, o público irá comprar o livro pelo nome do autor e não por causa do conteúdo.

Biografia vende.  Mas tem que ser de alguém muito famoso, seja um personagem histórico ou que esteja na mídia. O problema neste caso é que já existem biografias de praticamente todos os personagens de quem a história vale a pena ser contada. Sua auto-biografia ou a história da sua família não vende, por mais interessante que seja. Existem exceções, é claro, mas são raras.

Os demais gêneros de ficção vendem, mas precisam de alguns requisitos para isso: uma boa trama, com personagens ótimos e que o texto seja muito bem escrito. Além disso, exige um esforço pessoal do autor para divulgar a obra, seja através de sessões de autógrafos, entrevistas, participação em feiras, congressos, visitas a escolas, etc.

O mercado está aumentando, principalmente o de literatura infanto-juvenil. Se você gosta de escrever boas histórias, está na hora de aproveitar os bons ventos que começam a soprar em terras brasileiras.

Enviar comentário

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Pin It on Pinterest

Share This